Mostrar mensagens com a etiqueta Júlio Dantas. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta Júlio Dantas. Mostrar todas as mensagens

Arte de Ontem e de Hoje (1948)

 

Arte de Ontem e de Hoje

Obra organizada e dirigida por Ricardo R. de Espírito Santo Silva e pelo pintor Eduardo Malta

Edições R.E.S.M.. Lisboa, MCMXLVIII (1948). In-fólio, de 216 páginas inumeradas + 6 gravuras em folhas extratexto. Ilustrado. Dim: 32,7cm x 24,7cm. Brochado.

Magnífica edição em papel "Couché", profusamente ilustrada a cores e a preto e branco, e com a colaboração de distintas personalidades como, entre outros, Reynaldo dos Santos, Diogo de Macedo, Varela Aldemira, Raul Lino, Eduardo Malta, Margarida de Abreu, Júlio Dantas etc. 

Com fotografias de Domingos Bertrans, Mário Novais, Coutinho Bobone, Correia, Alvão e Biel, entre outros.

ÍNDICE:

1 - Jean Pillement, por Miahil Demetresco;

2 - A Estatuária das Monjas de Arouca, por Reynaldo dos Santos;

3 - Porcelana da China ao gosto europeu, por Ricardo Espírito Santo Silva;

4 - Os Retratos da Sala dos Tudescos (Vila Viçosa), por Júlio Dantas;

5 - A Lição de Columbano. por Varela Aldemira;

6 - Em Redor de Soares dos Reis, por Diogo de Macedo;

7 - 8 Artistas Portugueses Contemporâneos, por F. de Pamplona;

8 - 4 Cartas do Visconde de Menezes, por Guilherme Possollo;

9 - Missão Estética, por Raul Lino;

10 - Caixinhas de Oiro Francesas, por Dulce Rumina Malta;

11 - Dissemelhanças na Afinidade, por Eduardo Malta;

12 - Um Artista Português, por Fernando Rangel;

13 - Os Miniaturistas mais Notáveis, por L. H. Gilbert;

14 - Antecedentes do Bailado Moderno, por Margarida de Abreu;

15 - Como Descobri a Mãe de Lupi, por Fernando de Pamplona.

Exemplar estimado. Com uma pequena fita adesiva numa das páginas. Excelente edição de grande apuro gráfico.   50€   

Para encomendar, use, por favor, o endereço de email: livrosenarrativas@gmail.com , ou, o contacto telefónico: 91 667 34 09. Obrigado!

Postal Manuscrito de Leal da Câmara

 

Bilhete Postal Manuscrito de Leal da Câmara

Bilhete postal ilustrado com uma reprodução de Goya: "D. Juan de Villanueva"; Enviado de Madrid, em abril de 1916, por Leal da Câmara para o escritor Júlio Dantas, que era na altura Inspector-Geral da Biblioteca Nacional.

"Hotel RomaMadrid 

Um grande abraço de Madrid.
No outro dia estive em Lisboa. Procurei-te mas sem ter o prazer de te encontrar.
Até à volta          Leal da Câmara"

Tomás Leal da Câmara foi um notável caricaturista. Os seus ataques à monarquia e à igreja, em jornais republicanos, que o seu nervoso lápis ilustrou, forçaram-no a exilar-se em Madrid e em Paris. Em ambos os países, Espanha e França, conquistou, pelo mérito dos seus trabalhos, o reconhecimento do mundo das Belas Artes. Proclamada a República, voltou a Portugal e viveu no Porto. Colaborou em diversos jornais e revistas, nacionais e estrangeiros. São ainda de destacar as suas ilustrações na obra "A Velhice do Padre Eterno", de Guerra Junqueiro.

Bem conservado.   50€

Para encomendar, use, por favor, o endereço de email: livrosenarrativas@gmail.com , ou, o contacto telefónico: 91 667 34 09. Obrigado!

Manuscrito: Bilhete Postal de Alberto de Souza

 



Bilhete Postal  circulado, datado de 23- XI -919, e manuscrito por Alberto de Souza para Júlio Dantas
Alberto de Souza vem enviar cumprimentos a Júlio Dantas e à sua esposa Maria Augusta:

"Muitos cumprimentos ao meu grande Amigo e à Senhora D. Maria Augusta.          Alberto de Souza"

Bilhete Postal da temática de "Costumes Portuguezes - Porto: Palhoça e Carro de Terra (Campanhã)" Edição "Exclusivo dos Grandes Armazens Herminios". 

Bem conservado. Preserva os dois selos do Correio.     40€

Para encomendar, use, por favor, o endereço de email: livrosenarrativas@gmail.com , ou, o contacto telefónico: 91 667 34 09. Obrigado!

Manuscrito: Bilhete Postal de Alberto de Souza

 



Bilhete Postal circulado e manuscrito por Alberto de Souza para Júlio Dantas

Bilhete Postal de "Coimbra - Estudante e Tricana", onde Alberto de Souza transcreve duas quadras ouvidas naquela cidade:

"Coimbra, 2 - 4 - 915

Minha mãe é pobresinha    /    Não tem nada que me dar!    /    Dá-me beijos, coitadinha    /    E depois põe-se a chorar!

Se a saudade um dia    /    Tambem de morrer tiver    /    Ha-de ficar sepultada    /    N´um coração de mulher

Canção de Coimbra                        Um abraço afectuoso de Alberto de Souza"

Muito bem conservado. Preserva o selo do Correio.          50€

Para encomendar, use, por favor, o endereço de email: livrosenarrativas@gmail.com , ou, o contacto telefónico: 91 667 34 09. Obrigado!

(Manuscrito) Cartão Manuscrito de Júlio Dantas

 

Cartão manuscrito (16,8cm x 10,4cm), em ambas as faces, e assinado, timbrado "Ministério da Educação - Comissão Nacional do Centenário de Almeida Garrett", datado ("15, Novº, 1954") e enviado pelo escritor Júlio Dantas ao "Exmº. Prof. Doutor Ferrand Pimentel de Almeida".

O escritor agradece, de forma muito sentida, àquele distinto professor catedrático da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra o envio de um telegrama onde lhe é transmitida, assim o creio, pelo o que se infere da leitura do manuscrito, a atribuição do título "Doutor Honoris Causa" que lhe foi, naquele ano de 1954, atribuído pela Universidade de Coimbra.

"Meu eminente e querido Amigo:  Mil agradecimentos, de todo o coração, pelo seu telegrama tão generoso e tão afectuoso. Foi para mim uma grande alegria recebê-lo, porque já há muito tempo não tinha o prazer das suas notícias. Não sei como exprimir-lhe os meus sentimentos do reconhecimento para com a veneranda Faculdade de Letras pela alta honra que se dignou conceder-me. Envio-lhe em especial a si, meu velho e querido Amigo, um abraço profundamente grato. Até Coimbra!..."

Conteúdo de grande interesse. Em muito bom estado de conservação. Preserva o sobrescrito.    40€

Para encomendar: Use, por favor, o endereço de email: livrosenarrativas@gmail.com , ou, o contacto telefónico: 91 667 34 09. Obrigado!

(Manuscrito) Carta Manuscrita de Júlio Dantas

 

Carta manuscrita, em quatro páginas, datada (14, Dezembro, 1943) e assinada pelo escritor Júlio Dantas, e enviada por este ao Professor Doutor Ferrand Pimentel de Almeida. 

Júlio Dantas agradece ao destinatário o envio de "dois admiráveis opúsculos" da sua autoria - "As paisagens de Goethe" e "São Francisco de Assis, poeta da Natureza":

"...que recebi com tôdas as honras e que, durante cêrca de duas horas de conversa amável, interessou e ilustrou o meu espírito. Bem haja, meu querido amigo! A leitura dêsses dois estudos magistrais, feita em hora de graves preocupações, permitiu-me conviver com duas figuras universais: a do grande panteísta cristão, que reconciliou a Igreja com a Natureza; a do homem patriarcal da Renascença nova, personificação e símbolo, para os humanistas contemporâneos, do sentido ecuménico da cultura. Cada uma destas pequenas brochuras, cada um dêstes trabalhos brilhantíssimos, em boa hora pensados e escritos, contém uma boa lição. Dela penetrei o meu espírito,..." 

Muito bem escrita, interessante, e bem conservada. Preserva o sobrescrito.   50€

Para encomendar: Use, por favor, o endereço de email: livrosenarrativas@gmail.com , ou, o contacto telefónico: 91 667 34 09. Obrigado!