José de Almada Negreiros - Obras Completas

 

José de Almada-Negreiros

Obras Completas

Editorial Estampa. Lisboa, 1970-1972. Obra completa em seis volumes. In-8.º, de 116 (IV) + 225 (VII) + 252 (IV) + 234 (IV) + 141 (IV) + 231 (IX) páginas. Dim: 18,6cm x 13,9cm. Brochados.


Vol.I - Contos e Novelas: 1- K4 O Quadrado Azul;  2- Saltimbancos;  3- A Engomadeira;   4- O Cágado

Vol. II - Romance

Vol. III - Teatro: O Meu Teatro;    Deseja-se Mulher;    Pierrot e Arlequim;    S.O.S.;    O Público em Cena;    Aquela Noite;    O Pintor no Teatro;    O Mito de Psique;    Antes de Começar;    Galileu, Leonardo e Eu;    Aqui Cáucaso.

Vol. IV - Poesia;    Vol. V - Ensaios I;    Vol. VI - Textos de Intervenção.

Capa e arranjo gráfico de Alda Rosa

Reúnem estes seis volumes a obra escrita de Almada Negreiros, cuja organização "foi ainda elaborada em vida do autor e contou com a sua colaboração". 

Exemplares com algum, ligeiro, desgaste nas sobrecapas, contudo, muito estimados. Bom conjunto. 110€

Para encomendar: Use, por favor, o endereço de email: livrosenarrativas@gmail.com , ou, o contacto telefónico: 91 667 34 09. Obrigado!

Lendas de Portugal

 


Lendas de Portugal 

- Ilustrada pelos melhores artistas portugueses contemporâneos -

Gentil Marques

Editorial Universus. Porto, 1962 - 1966. Obra completa em cinco volumes. In-4.º, de XII + 408 (2) + 400 (2) + 399 (3) + 402 (4) + 391 (3) páginas. Ilustrados. Dim: 25cm x 19,3cm. Encadernados.

Vol. I - Lendas dos Nomes das Terras

Vol. II - Lendas Heróicas

Vol. III - Lendas de Mouros e Mouras

Vol. IV - Lendas Religiosas

Vol. V - Lendas de Amor

"Estas «Lendas de Portugal» - reunidas agora em colectânea - têm uma característica dominante, comum a todas elas: a Fé!
Fé em Deus, fé no Amor, fé na Esperança, fé na Virtude - até mesmo fé no Ódio e na Vingança. 

Que essa é, também, uma característica fundamental do povo português: a Fé!

Aliás, sabe-se que o ambiente tem uma influência decisiva na criação de todas as especulações espirituais. Povo cristão, de marinheiros e agricultores, com enraizadas reminiscências mouriscas - Portugal enche a maior parte das suas lendas com a presença de Deus e da Virgem, a presença do mar e da serra, e também das Mouras encantadas ou das suas recordações..." - o autor, nas "Breves Considerações Sobre o Significado e o Conteúdo Destas Lendas de Portugal"

Obra monumental, considerada, de entre a vastíssima bibliografia de Gentil Marques a sua "magnum opus", aqui, nesta edição, ilustrada por um conjunto de excelência de artistas portugueses, como, entre outros, Thomaz de Mello (TOM), Estrela Faria, Luís Filipe, Manuel Lapa, João Abel Manta, Paulo-Guilherme (d´Eça Leal), Sarah Afonso, Guilherme Camarinha e Frederico George. 

Bons exemplares, com uma encadernação editorial em inteira de carneira, com ferros e a dourado e dizeres a dourado nas nas pastas e nas lombadas.    220€




Para encomendar: Use, por favor, o endereço de email: livrosenarrativas@gmail.com , ou, o contacto telefónico: 91 667 34 09. Obrigado!

O Cesto - Estudo Linguístico, Etnográfico e Folclórico

 


O Cesto 

- Estudo Linguístico, Etnográfico e Folclórico -

Maria Helena Santos Silva

Separata da Revista Portuguesa de Filologia, Vols. IX e X, 1959-60. Faculdade de Letras da  Universidade de Coimbra. Instituto de Estudo Românicos. Coimbra, 1961. In-4.º, de 242 páginas + 47 (1) páginas (Sumários dos Vols. I - VIII e IX e X). Ilustrado e com mapas desdobráveis. Brochado.

Trata-se da dissertação de licenciatura da autora em Filologia Românica, apresentada à Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra em Julho de 1954. O trabalho aqui apresentado é o resultado de uma pesquisa levada a cabo por Maria Helena Santos Silva, tendo elaborado questionários que enviou para diversos pontos do país, recolhendo infirmações diretamente junto das populações, percorrendo vários museus, etc., e está dividido em quatro partes:

1ª) O Cesto nas antigas civilizações e a sua representação em formas de arte;

2ª) O Cesto nas suas diversas aplicações, dividindo os vários tipos conforme o uso a que se destinam;

3ª) Ocupa-se do estudo linguístico, referindo-se não só ao português, mas também a outras línguas românicas (espanhol, francês e italiano), estudando os étimos que deram origem ás formas actuais (1954);

4ª) A projecção do Cesto no folclore português.

Exemplar estimado, com os cadernos ainda por abrir. Invulgar.    40€ 

Para encomendar: Use, por favor, o endereço de email: livrosenarrativas@gmail.com , ou, o contacto telefónico: 91 667 34 09. Obrigado!

A Descendência Portuguesa de El-Rei D. João II (1ª Edição)

 

A Descendência Portuguesa de El-Rei D. João II

Fernando de Castro da Silva Canedo

Edições Gama. Lisboa, 1945 - 1946. 1ª Edição. Obra completa em três volumes. In-4.º, de  603 (1) + 413 (3) + 479 (1) páginas. Ilustrados e com folhas desdobráveis. Dim: 27,5cm x 20,5cm. Encadernados (S\C Br.)

Com um prefácio do Conde de São Payo (D. António)

"Representa esta obra o fruto de cêrca de 15 anos de trabalho durante os quais não só consultei obras genealógicas impressas e manuscritas, como também assentos paroquiais existentes no Arquivo Paroquial de Lisboa e nos Arquivos Distritais e obtida do Ministério da Justiça a necessária autorização, igualmente os que, por terem menos de 100 anos, se encontram nas Conservatórias do Registo Civil (...) Dirigi-me ainda a cêrca de 800 pessoas, solicitando informes que por vezes só as próprias famílias podem dar (...)" - Fernando de Castro da Silva Canedo, na Explicação Prévia da obra.

Obra monumental e da maior importância histórica e genealógica, apresentando estes exemplares uma magnífica encadernação meia francesa com a lombada e cantos em carneira e trabalhos e dizeres a dourado nos rótulos e nervos da lombada. O segundo volume apresenta uma pequena mancha no pé da lombada (visível na fotografia), não compromete, porém, esta, a excelência do conjunto.

Bons exemplares. Preço sob consulta.

Para encomendar: Use, por favor, o endereço de email: livrosenarrativas@gmail.com , ou, o contacto telefónico: 91 667 34 09. Obrigado!

O Mundo dos Deuses e dos Heróis - Mitologia Geral

 

Maria Lamas

Edição da Autora. Lisboa, 1959. Obra composta por 2 vols. In 4º, com 370 (8) + 349 (39) páginas. Encadernação inteira de pele. Obra profusamente ilustrada em folhas separadas do texto e de elevado apuro gráfico.

"Julgamos ser esta a primeira vez que, em Portugal, se publica uma obra incluindo as mitologias dos diversos povos, desde os tempos pré-históricos. Parece-nos por isso indispensável dar previamente ao leitor elementos que lhe permitam entrar sem dificuldade no mundo dos mitos e abranger os seus principais aspectos: as origens da mitologia, seu sentido e evolução, a comparação dos diferentes mitos e o simbolismo universal dos seus heróis Lendários."

Bons exemplares. Invulgar.   160€

Para encomendar: Use, por favor, o endereço de email: livrosenarrativas@gmail.com , ou, o contacto telefónico: 91 667 34 09. Obrigado!

Manuscrito: Alfredo Guerra de Abreu + Fotografia (Liceu de Aveiro 1965)

 


Carta Manuscrita de Alfredo Guerra de Abreu + Fotografia de Representação Teatral pelos alunos finalistas do Liceu Nacional de Aveiro no ano de 1965
Carta manuscrita em duas páginas, datada de 25 de Setembro de 1967, assinada pelo artista aveirense A. (Alfredo) Guerra de Abreu e endereçada a Norberto D´Ávila. A acompanhar a missiva vai uma fotografia da representação em palco da peça "O Servidor da Humanidade" pelos finalistas do Liceu Nacional de Aveiro no ano de 1965.

"Exm.º Sr. Norberto de Ávila

Só hoje gostosamente envio uma fotografia de uma cena da peça "O Servidor da Humanidade" representada pelos alunos finalistas do Liceu desta cidade, em Fevereiro 1965.

O flash do fotógrafo inutilizou os efeitos de luz, pois cada personagem, quando falava, era iluminada isoladamente, por um projector. Ainda tentei obter outras fotos mais expressivas na Casa que as havia tirado na noite da Récita, mas não me foi possível por o espectáculo não ter sido realizado recentemente(...)"

Missiva e fotografia muito bem conservados. Preserva o sobrescrito com o selo postal.   30€

Para encomendar, use, por favor, o endereço de email: livrosenarrativas@gmail.com , ou, o contacto telefónico: 91 667 34 09. Obrigado!

Cartão Manuscrito de Amélia Rey Colaço

 

Cartão Manuscrita por Amélia Rey Colaço 

Manuscrito datado de 3 de Setembro de 1967, enviado a Norberto d´Ávila e assinado por Amelia Rey Colaço, justamente considerada como um dos maiores vultos do teatro e do panorama cultural português do século XX. Dim: 13,2cm x 8,9cm.  

"Exm.º Sr. Norberto Ávila

Com os meus cumprimentos, acuso a receção da peça de Tennessee Williams, " The Milk Train Doesn´t Stop Here Anymore" que teve a atenção de enviar-me. Vou lê-la com o interesse que o caso me merece e em breve darei notícias a V. Exci.ª.

Queira receber os protestos da minha consideração      Amelia Rey Colaço"

Documento em muito bom estado de conservação. Preserva o sobrescrito, também manuscrito pelo punho da grande actriz, e os selos postais.     35€

Para encomendar, use, por favor, o endereço de email: livrosenarrativas@gmail.com , ou, o contacto telefónico: 91 667 34 09. Obrigado!

Interessantíssimo Manuscrito de A. A. Mendes Correia

 


Carta Manuscrita por A. A. Mendes Correia

Missiva escrita em duas páginas, datada de 21 de Junho de 1926, em  folha de papel timbrado da Universidade do Porto - Faculdade de Sciencias - Instituto de Antropologia e assinada pelo insigne antropólogo A. A. Mendes Correia (António Augusto Esteves Mendes Correia). Dim: 27,2cm x 21,5cm.

Sabe-se que no  ano de 1926, Mendes Correia visitou a Mamoa do Padrão, um dos mais importantes monumentos megalíticos do Noroeste da Península, e o Castro de Vandoma. O Dólmen  do Padrão encontrava-se, então, vandalizado. Dessa visita resultou a recolha, no sentido de preservar esses elementos de elevada importância arqueológica, de algumas pedras e fragmentos pintados dos esteios, hoje depositados no Museu de História Natural da Faculdade de Ciências do Porto. 

Excerto da missiva:

"21 Junho 26           Exm.º Joaquim Ferreira Barbosa e meu prezado amigo:

Venho agradecer-lhe todas as amaveis atenções que nos dispensou durante a bela digressão à Mamôa do Padrão e ao Castro de Vandôma, e bem assim as ofertas tão obsequiosas que fez ao Instituto que dirijo. 

Peço a fineza de se interessar, como combinámos, pela conservação da Mamôa e das relíquias do vandalizado dólmen, enviando-me tambem as pedras que identifiquei e que continham pinturas. 

Peço tambem o favor de me informar das despesas que fizer com a aquisição da marreta nova de ferro, com o corte, encaixotamento e transporte das pedras indicadas e com o endireitamento dos esteios tombados. 

Creia o meu bom amigo que trouxe uma recordação optima da digressão e da sua amavel companhia (...)" 

É de notar, ainda, que este documento foi comprado por um seu anterior guardião na livraria "Mundo do Livro", em Lisboa, e que pertenceu à colecção de Filipe Gastão de Moura Coutinho de Almeida de Eça. 

Documento muito bem conservado e de muito interessante conteúdo.  (Reservado)

Para encomendar, use, por favor, o endereço de email: livrosenarrativas@gmail.com , ou, o contacto telefónico: 91 667 34 09. Obrigado!

Quatro Horas Inocentes (Edição Especial)

 

Quatro Horas Inocentes

Camilo Castelo Branco

Obras de Camilo Castelo Branco (XXVIII). Parceria A. M. Pereira. Lisboa, 1968. 5ª Edição, conforme a 1ª, única revista pelo autor. In-4.º, de 193 (3) páginas. Dim: 24,7cm x 19cm. Brochado.

Fixação do texto por Maria Emília Coelho da Palma Martins e Nota Preliminar por Castelo Branco Chaves

Este exemplar pertence à Edição Especial, sob a direcção do Prof. Dr. Jacinto do Prado Coelho, sendo o nº 147 de uma tiragem de 320 exemplares numerados e assinados pelos editores.

Excelente exemplar, impresso em papel de qualidade superior e com os cadernos ainda por abrir.  30€

Para encomendar, use, por favor, o endereço de email: livrosenarrativas@gmail.com , ou, o contacto telefónico: 91 667 34 09. Obrigado!

O Esqueleto (Edição Especial)

 

O Esqueleto

Camilo Castelo Branco

Obras de Camilo Castelo Branco (V). Parceria A. M. Pereira. Lisboa, 1969. 10ª Edição, conforme a 2ª, última revista pelo autor. In-4.º, de 307 (1) páginas. Dim: 24,7cm x 19cm. Brochado.

Fixação do texto por Maria Emília Coelho da Palma Martins e Nota Preliminar por Castelo Branco Chaves

Este exemplar pertence à Edição Especial, sob a direcção do Prof. Dr. Jacinto do Prado Coelho, sendo o nº 147 de uma tiragem de 320 exemplares numerados e assinados pelos editores.

Excelente exemplar, impresso em papel de qualidade superior.  30€

Para encomendar, use, por favor, o endereço de email: livrosenarrativas@gmail.com , ou, o contacto telefónico: 91 667 34 09. Obrigado!

Duas Horas de Leitura (Edição Especial)

 

Duas Horas de Leitura

Camilo Castelo Branco

Obras de Camilo Castelo Branco (XV). Parceria A. M. Pereira. Lisboa, 1967. 8ª Edição, conforme a 3ª, última revista pelo autor. In-4.º, de 191 (5) páginas. Dim: 24,7cm x 19cm. Brochado.

Fixação do texto e Nota Preliminar por Drª Maria Idalina Resina Rodrigues

Este exemplar pertence à Edição Especial, sob a direcção do Prof. Dr. Jacinto do Prado Coelho, sendo o nº 147 de uma tiragem de 320 exemplares numerados e assinados pelos editores.

Excelente exemplar, impresso em papel de qualidade superior.  30€

Para encomendar, use, por favor, o endereço de email: livrosenarrativas@gmail.com , ou, o contacto telefónico: 91 667 34 09. Obrigado!

O Que Fazem Mulheres (Edição Especial)

 

O Que Fazem Mulheres

- Romance Filosófico -

Camilo Castelo Branco

Obras de Camilo Castelo Branco (LVII). Parceria A. M. Pereira. Lisboa, 1967. 8ª Edição, conforme a 2ª, última revista pelo autor. In-4.º, de 222 (2) páginas. Dim: 24,7cm x 19cm. Brochado.

Fixação do texto e Nota Preliminar por Helena Cidade Moura

Este exemplar pertence à Edição Especial, sob a direcção do Prof. Dr. Jacinto do Prado Coelho, sendo o nº 147 de uma tiragem de 320 exemplares numerados e assinados pelos editores.

Excelente exemplar, impresso em papel de qualidade superior.  30€

Para encomendar, use, por favor, o endereço de email: livrosenarrativas@gmail.com , ou, o contacto telefónico: 91 667 34 09. Obrigado!

Memórias de Guilherme do Amaral (Edição Especial)

 

Memórias de Guilherme do Amaral

Camilo Castelo Branco

Obras de Camilo Castelo Branco (XLI). Parceria A. M. Pereira. Lisboa, 1966. 7ª Edição, conforme a 2ª, última revista pelo autor. In-4.º, de 216 (2) páginas. Dim: 24,7cm x 19cm. Brochado.

Fixação do texto e Nota Preliminar por Alexandre Cabral

Este exemplar pertence à Edição Especial, sob a direcção do Prof. Dr. Jacinto do Prado Coelho, sendo o nº 147 de uma tiragem de 320 exemplares numerados e assinados pelos editores.

Excelente exemplar, impresso em papel de qualidade superior e com os cadernos ainda por abrir.  30€

Para encomendar, use, por favor, o endereço de email: livrosenarrativas@gmail.com , ou, o contacto telefónico: 91 667 34 09. Obrigado!

Postal Ilustrado Antigo: Vila Real - Casa do Marquez

 

Postal Ilustrado Antigo de Villa Real (sic) - Casa do Marquez de Villa Real - (Monumento Nacional)

Edição da Imprensa Moderna. Cliché de A. L. Martins (António Lopes Martins). Vila Real, 1907.

Postal não circulado e em excelente estado de conservação.  20€

Para encomendar, use, por favor, o endereço de email: livrosenarrativas@gmail.com , ou, o contacto telefónico: 91 667 34 09. Obrigado!

Postal Ilustrado Antigo: Vila Real - Chafariz e Sé Episcopal

Postal Ilustrado Antigo de Vila Real - Chafariz e Sé Episcopal

Edição da Ourivesaria Soares (s/ data). Cliché de M. (Miguel) Monteiro. Dim: 13,9cm x 9cm.

Bonito postal policromado, não circulado, e em muito bom estado.   15€



Para encomendar, use, por favor, o endereço de email: livrosenarrativas@gmail.com , ou, o contacto telefónico: 91 667 34 09. Obrigado!

Postal Ilustrado Antigo: Vila Real -Vista Geral

 

Postal Ilustrado Antigo de Vila Real - Vista Geral

Edição de Miguel Monteiro (s\ data)

Dim: 13,9cm x 9cm

Postal não circulado e bem conservado. 10€


Para encomendar, use, por favor, o endereço de email: livrosenarrativas@gmail.com , ou, o contacto telefónico: 91 667 34 09. Obrigado!

Postal Ilustrado Antigo: Vila Real - (Sabroso) Esperando a Hora da Aula

 

Postal Ilustrado Antigo de Villa Real (sic) - (Sabroso) Rapazes esperando a hora da aula

Edição da Imprensa Moderna - Vila Real, 1907. Dim: 13,9cm x 8,9cm.

O verso do postal leva consigo a letras impressas uma propaganda a uma das mais emblemáticas pastelarias da cidade de Vila Real, a "Pastelaria Gomes", ainda, nos dias de hoje, em pleno funcionamento. É de notar que o número de telefone da pastelaria era o nº 11 !

"Especialidades da Região

Viuvinhas e Pasteis de Toucinho do Ceu

em caixas proprias, de meia e uma duzia

Bôla de Carne

Fabríca e vende a Pastelaria Gomes

2, Rua Antonio D´Azevedo, 10 - Telefono 11       Vila Real"

Magnífico postal, muito bem conservado. Invulgar.  30€

Para encomendar, use, por favor, o endereço de email: livrosenarrativas@gmail.com , ou, o contacto telefónico: 91 667 34 09. Obrigado!

Postal Ilustrado Antigo: Vila Real - Feira de Gado (1904)

 

Postal ilustrado antigo: Villa Real (sic) 24 - Feira de Gado DCCCXLV 

Postal não circulado. Dim: 13,8cm x 8,9cm.

Edição da Pap. e Typ. de Paulo Guedes & Saraiva. Cliché de A. (lfredo) Mello. Lisboa, 1904 (ano de distribuição local: 1905). 

Corria o  mês de Abril do ano  de 1872 quando, por deliberação camarária, foi estabelecido, aos dias 23 de cada mês, um mercado mensal de gado a ter lugar no Largo do Pioledo (Vila Real). 

É esse mercado que aqui vemos acontecer. É também possível ver na imagem a Capela do Espírito Santo (Capela do Antigo Hospital-Albergaria ou Capela do Bom Jesus do Hospital, ou ainda Capela Gonçalo Crsitóvão, pois que foi fundada pelos seus ascendentes) que estivera em tempos edificada no Campo do Tabolado (actual Avenida Carvalho Araújo, em Vila Real) e que se encontra hoje na Quinta de Prados no Campus Universitário da Universidade Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD).

Postal bem conservado. Invulgar.    25€

Para encomendar, use, por favor, o endereço de email: livrosenarrativas@gmail.com , ou, o contacto telefónico: 91 667 34 09. Obrigado!

Postal Ilustrado Antigo: Vila Real - Camilo Castelo Branco

 

Vila Rial (sic) - Monumento ao celebre romancista Camilo C. Branco
Postal não circulado. Dim: 14,1cm x 9cm.

Edição e Cliché de Miguel Monteiro (s\data). 

Este monumento foi inaugurado no ano de 1926 e ainda hoje, embora deslocado logo no ano de 1931 para uma parte lateral do jardim, permanece no chamado Jardim da Carreira, em Vila Real.
 
A autoria do busto é do escultor Anjos Teixeira (é também de sua autoria a mais conhecida estátua da cidade de Vila Real, a do marinheiro e herói José Botelho de Carvalho Araújo). O projecto do monumento é do Arquitecto Manuel Joaquim Norte Júnior e o desenho do pedestal é da autoria do pintor Bernardino Raul Trindade Chagas.

É de destacar que no verso do postal se encontra impressa uma publicidade de uma das mais conhecidas pastelarias da cidade de Vila Real, a "Pastelaria Gomes", ainda nos dias de hoje em pleno funcionamento, e cujo número de telefone era, então, o nº 11!

"Especialidades da Região

Viuvinhas e Pasteis de Toucinho do Ceu
em caixas proprias, de meia e uma duzia

Bôla de Carne
Fabrica e Vende a Pastelaria Gomes
2, Rua Antonio d´Azevedo, 10 - Telefone 11
Vila Real"
 
Postal muito bem conservado.   15€

Para encomendar, use, por favor, o endereço de email: livrosenarrativas@gmail.com , ou, o contacto telefónico: 91 667 34 09. Obrigado!

Postal Ilustrado Antigo: Villa Real - Costumes

 

Postal Ilustrado de Villa Real - Costumes

Edição da Livraria e Papelaria Branco (s\ data)

Dim: 13,7cm x 8,7cm

Para além do grupo de pessoas ali fotografado é possível ver na imagem o Cruzeiro e a Capela de S. Lázaro, erigida no ano de 1520, a mando de D. Pedro de Castro em invocação a Santa Margarida. 

Postal não circulado, a preto, com as palavras "Villa Real - Costumes" a vermelho, invulgar e bem conservado.  25€

Para encomendar, use, por favor, o endereço de email: livrosenarrativas@gmail.com , ou, o contacto telefónico: 91 667 34 09. Obrigado!

Manuscrito: Entrevista a Erico Veríssimo por Jorge de Sena (1961)

 


Entrevista de Jorge de Sena a Erico Veríssimo (1961)

No ano de 1959,  na sequência de uma tentativa fracassada de derrube do regime salazarista, que ficou conhecida como "O golpe da Sé" , onde participaram cerca de duzentas pessoas, entre católicos, civis e militares, o escritor Jorge de Sena, que se encontrava entre os protestantes, saíu de Portugal e exilou-se no Brasil.

Esta entrevista, cujo título é "Com Erico Veríssimo em Porto Alegre", data desse período de exílio e aconteceu quando Jorge de Sena foi recebido pelo escritor Erico Veríssimo e pela sua família na sua casa de Porto Alegre:

"Passando uns excelentes dias de férias, em sua casa, na intimidade do artista e de uma família encantadora de simplicidade, como ele...." - Jorge de Sena

O documento vai escrito em quatro páginas plenas. Sendo que a primeira, dactilografada, dir-se-ia ter sido escrita "à posteriori" para servir de introdução ás restantes três páginas manuscritas onde se encontra a entrevista propriamente dita. Na página dactilografada, Jorge de Sena, diz-nos que Erico Veríssimo se encontra a trabalhar na terceira, e última, parte da sua "Magnum opus" - "O Tempo e o Vento", falando-nos do método de trabalho do escritor e dos seus horários e hábitos quotidianos.

O diálogo da entrevista  aborda o trabalho da já referida obra "O Tempo e o Vento", os futuros planos literários do escritor e nele encontramos, também, uma saudação do escritor ao povo português e ao seu editor em Portugal , António de Sousa Pinto, proprietário da editora "Livros do Brasil".

O destino deste trabalho do escritor Jorge de Sena era o de ser enviado para Portugal e chegar ás mãos de Sousa Pinto, para que fosse incluído na edição do Boletim Bibliográfico LBL, da editora "Livros do Brasil", boletim esse que foi editado de 1961 a 1967, e que muito contribuiu para o conhecimento e difusão da literatura brasileira no nosso país.

Alguns excertos do texto:

"Erico Veríssimo, na sua casa de Porto Alegre, a capital do Rio Grande do Sul, seu Estado Natal, revê e ultima a terceira parte da sua obra magna: O TEMPO E O VENTO (...)

(...) A responsabilidade que pesa sobre Erico Veríssimo é enorme: trata-se de levar à conclusão uma obra de imensas proporções, que o colocou na primeira fila do romance contemporâneo, e trata-se de apresentar aos leitores -  e o problema é sobretudo brasileiro - uma época que toda a gente viveu, da qual muitos protagonistas estão vivos (...)

(...) Veríssimo levanta-se muito cedo, dedica-se à sua obra ou aos estudos até perto da hora do almoço, e sai então, regra geral, a dar um pequeno passeio a pé. Depois do almoço frugal, repousa lendo. À tarde, ou desce à cidade, ou trabalha e lê. À noite, amigos seus aparecem para uma conversa sossegada, em que a literatura não predomina (...)

 (...) Foi expressamente para os leitores do Boletim de Livros do Brasil que tivemos a conversa seguinte(...)

(...) - Que significado atribui a O Tempo e o Vento?

- É o livro que sempre desejei e temi escrever. É a história da minha terra e da minha gente através de duzentos anos. É um pouco a história da minha vida e da minha geração (nesta última parte), embora não se trate de uma autobiografia. Espero que ele ajude o leitor a compreender o que nós, brasileiros do extremo Sul, somos hoje em dia... e, se possível, por quê. (...)

(...) - Quais os seus planos de escritor, uma vez liberto da edificação dessa obra magna?

- Tenciono continuar a escrever romances... mas curtos. E também algumas obras de divulgação, como uma História de Arte, uma Geografia Humana, etc. Sim, e voltarei a escrever para crianças. (...) 

(...) - Quer dizer algumas palavras para os seus tão numerosos admiradores em Portugal (...)

(...) - Algumas palavras? Para dizer da minha gratidão e da minha simpatia pelos meus amigos portugueses, eu precisaria dum livro inteiro. Passei em Portugal vinte dias inesquecíveis. Creio que essa viagem foi o ponto mais alto e mais belo belo da minha carreira de escritor. Estou convencido de que todo o brasileiro devia visitar Portugal, como parte importantíssima de sua educação cívica. Quero por meio deste boletim - ao qual desejo vida longa e sucesso - mandar um cordial abraço aos meus leitores e amigos portugueses, que espero rever um dia. E que o meu caro Jorge de Sena seja, através desta entrevista, o transmissor do muito afectuoso abraço que mando ao meu editor em Portugal, o meu prezado amigo Souza-Pinto."




Documento bem conservado. As folhas foram furadas com um furador, mas, o texto não é, em nenhuma delas, atingido pelos furos. Todas as páginas apresentam correcções manuscritas feitas por Jorge de Sena, o que nos leva a uma maior proximidade do trabalho do escritor e valoriza o documento. No final da quarta página vai  a assinatura de Jorge de Sena e o local e data em que o trabalho\entrevista aconteceu: "Porto Alegre. Janeiro de 1961". 

Peça de Colecção.  Preço sob consulta.

Para encomendar, use, por favor, o endereço de email: livrosenarrativas@gmail.com , ou, o contacto telefónico: 91 667 34 09. Obrigado!

Jorge de Sena - Fidelidade (1ª Edição)

 

Fidelidade 

Jorge de Sena

Círculo de Poesia. Livraria Moraes Editora. Lisboa, 1958. 1ª Edição. In-8.º, de 80 (VIII) páginas. Dim: 20cm x 15,5cm. Brochado.

"Epitáfio

De mim não buscareis, que em vão vivi

de outro mais alto que em mim próprio havia.

Se em meus lugares, porém, me procurardes

o nada que encontrardes

eu sou e minha vida.


Essas palavras que em meu nome passam

nem minhas nem de altura são verdade.

Verdade foi que de alto as desejei

e que de mim só maldições cobriam.

Debaixo delas a traição se esconde,

porque demais me conheci distante

de alturas que de perto não existem.


Fui livre, como as águas, que não sobem.

Pensei ser livre, como as pedras caem.

O nada contemplei sem êxtase nem pasmo,

que o dia a dia

em que me via

ele mesmo apenas era e nada mais.


Por isso fui amado em lágrimas e prantos

do muito amor que ao nada se dedica.

Nada que fui, de mim nada fica.

E quanto não mereço é o que me fica.


Se em meus lugares, portanto, me buscardes

o nada que encontrardes

eu sou e minha vida."


Bom exemplar. Preserva a sobrecapa, em plástico transparente, editorial.   30€ 

Para encomendar, use, por favor, o endereço de email: livrosenarrativas@gmail.com , ou, o contacto telefónico: 91 667 34 09. Obrigado!

Jorge de Sena - Trinta Anos de Poesia (dedicatória)

 

Trinta Anos de Poesia

Jorge de Sena

Colecção Coroa da Terra (2). Editorial Inova. Porto, 1972. In-8.º, de 287 (XV) páginas. Dim: 19,1cm x 13,3cm. Ilustrado com uma fotografia do Poeta. Brochado.

"Esta antologia é formada por poemas extraídos das dez colectâneas que publiquei de 1942 a 1972. Tendo começado a escrever poesia em 1936 (em circunstâncias que, algumas, são evocadas no poema de Metamorfoses, sobre «L Cathédrale Engloutie» de Debussy) e primeiro publicado um poema em 1938 (data do mais antigo poema seleccionado aqui), corresponde ela a uma experiência de quase quarenta anos, cifrada em trinta de publicá-la em volume." - Jorge de Sena, na introdução do livro

Este exemplar encontra-se valorizado pela dedicatória manuscrita, datada de Maio de 1973, e assinada por Jorge de Sena. 

Exemplar muito estimado.  45€

Para encomendar, use, por favor, o endereço de email: livrosenarrativas@gmail.com , ou, o contacto telefónico: 91 667 34 09. Obrigado!

Hiroxima - Antologia de Poemas

 

Hiroxima - Antologia de Poemas 

Depoimentos de Poetas Portugueses Sobre o Flagelo Atómico, no 20.º Aniversário da Destruição de Hiroxima e de Nagasáqui

Colecção Nova Realidade. Coordenação e prefácio de Carlos Loures e Manuel Simões. Tomar, 1967. Edição dos coordenadores. In-8.º, de 97 (3) páginas. Brochado.

No final do livro encontramos "Notas sobre o(a)s autore(a)s" que participaram nesta antologia.

Este exemplar encontra-se valorizado pela dedicatória manuscrita e autografada pelo Poeta João Rui de Sousa, que participa nesta antologia com o poema inédito "Hiroxima Amor Não Há Tabaco".

Autore(a)s:       António Augusto Menano     /     António Cabral     /     António José Fernandes     /     António Manuel Lopes Dias     /     António Mário Santos     /     António Rebordão Navarro     /     Arsénio de Bustos     /     Augusto Mota     /     Carlos Faria     /     Carlos Loures     /      Casimiro de Brito     /     César Pratas     /     Eduardo Guerra Carneiro      /     Egito Gonçalves     /     Fernando António Almeida     /     Fernando J. B. Martinho     /     Filipa Lago     /     João Rui de Sousa     /     José Bento     /     José Ferreira Monte     /     Luís Guerreiro     /     Manuel Alegre     /     Manuel Simões     /     Maria Rosa Colaço     /     Mário Júlio     /     Máximo Lisboa     /     Orlando Neves     /     Papiniano Carlos     /     Rui Mendes     /     Santos Simões    

Exemplar estimado. Pouco vulgar.    35€

Para encomendar, use, por favor, o endereço de email: livrosenarrativas@gmail.com , ou, o contacto telefónico: 91 667 34 09. Obrigado!

Horas Perdidas (1ª Edição - Dedicatória)

 

Horas Perdidas

- Narrativa -

Urbano Tavares Rodrigues

Livraria Bertrand. Lisboa, 1969. In-8.º, de 222 (2) páginas. Dim: 19,1cm x 12,5cm. Brochado.

Capa de Henrique Ruivo.

Exemplar valorizado pela dedicatória manuscrita, datada do ano da edição do livro, e autografada por Urbano Tavares Rodrigues para o Arq.º Mário de Oliveira.

Exemplar como novo.  25€

Para encomendar, use, por favor, o endereço de email: livrosenarrativas@gmail.com , ou, o contacto telefónico: 91 667 34 09. Obrigado!

Gente da Terceira Classe (1ª Edição, em livro)

 

Gente da Terceira Classe

- Contos e Novelas -

José Rodrigues Miguéis

Estúdios Cor. Lisboa, 1962. 1ª Edição, em livro. In-8.º, de 256 (4) páginas. Dim: 19,4cm x 14,5cm. Brochado.

Capa de Luís Filipe de Abreu

Obra inserida na "Colecção Latitude" (nº 52), dirigida por Nataniel Costa.

Índice:     Gente da Terceira Classe     /     O Viajante Clandestino     /     Natal Branco    /     Arroz do Céu     /     O Cosme de Riba-Douro     /     A Esquina-do-Vento     /      O Anel de Contrabando     /     O «Crime Perfeito»     /     «Mucha Plata !»      /     A Dusseldorf, Num Pulo     /     Perdão, Frau Schwarz !     /     Primeiro Encontro com o Transcendente     /      Silvestre, Os Seus Amores     /     A Omolete sem Ovos     /     «Ite, Missa Est»    

Exemplar estimado. 25€

Para encomendar, use, por favor, o endereço de email: livrosenarrativas@gmail.com , ou, o contacto telefónico: 91 667 34 09. Obrigado!

Onde a Noite se Acaba

 

Onde a Noite se Acaba

- Contos e Novelas -

José Rodrigues Miguéis

Estúdios Cor. Lisboa, 1960. 3ª Edição. In-8.º, de 279 (5) páginas. Dim: 19,5cm x 14,5cm. Brochado.

Capa de Luís Filipe de Abreu. 

Obra inserida na "Colecção Latitude (nº 39)" dirigida por Nataniel Costa. 

Índice:   Enigma     /     Morte de Homem     /     A Mancha não se Apaga     /     O Chapelinho Amarelo     /    A Linha Invisível     /     Cinzas de Incêndio     /     O Acidente     /     Beleza Orgulhosa     /     Nota do Autor

Exemplar estimado.   15€ 

Para encomendar, use, por favor, o endereço de email: livrosenarrativas@gmail.com , ou, o contacto telefónico: 91 667 34 09. Obrigado!

Romanceiro - Almeida Garrett (3 vols. - Completo)

 

Romanceiro - Almeida Garrett

Obra completa em três volumes. Colecção Cultura e Recreio. Fundação Nacional para a Alegria no Trabalho. Gabinete de Etnografia. Lisboa, 1963. In-8.º, de 296 (IV) + 337 (VII) + 295 (V) páginas. Dim: 19,3cm x 13,5cm. Brochados.

Edição revista e prefaciada por Fernando de Castro Pires de Lima

Exemplares estimados. 45€

Para encomendar, use, por favor, o endereço de email: livrosenarrativas@gmail.com , ou, o contacto telefónico: 91 667 34 09. Obrigado!

Romanceiro

Romanceiro

Colecção Cultura e Recreio. Fundação Nacional para a alegria no trabalho. Gabinete de Etnografia. Lisboa, 1959. In-8.º, de 190 (2) páginas. Dim: 19,5 x 13,23cm. Brochado.

Selecção e prefácio de Fernando de Castro Pires de Lima.

Os romances desta Antologia foram extraídos dos romanceiros de Almeida Garrett, Estácio da Veiga e Teófilo Braga. O último e o de «Avalor» de «As Cem Melhores Poesias Líricas da Língua Portuguesa», coligidas por Carolina Michaelis de Vasconcelos.

Exemplar valorizado pela dedicatória manuscrita e autografada por Fernando de Castro Pires de Lima para o seu amigo Arqº. Mário de Oliveira.

Exemplar bem conservado.  25€

Para encomendar, use, por favor, o endereço de email: livrosenarrativas@gmail.com , ou, o contacto telefónico: 91 667 34 09. Obrigado!

Empedrados Artísticos de Lisboa

 

Empedrados Artísticos de Lisboa

(A Arte da Calçada-Mosaico)

Eduardo Martins Bairrada

Composto e impresso na Gráfica Maiadouro - Vila Nova de Gaia. 1985. Edição do Autor. 1ª Edição. In-fólio, de LXXXIII (1) + 602 (6) páginas. Ilustrado. Dim: 33,8cm x 24,7cm. Encadernação com sobrecapa editorial.

Fotografias de Karin Monteiro e Manuel Cabral, ilustrações de Abel dos Santos e desenhos de Ed. M. Bairrada.

Monumental trabalho, numa edição trilingue (Português; Inglês; Francês) de esmerado apuro gráfico, e de muito significativa importância pelo testemunho histórico que nos oferece sobre a "Calçada- Mosaico", ou, mais comumente conhecida por "Calçada-Portuguesa", cuja génese remonta à quarta década do século XIX  e que, apesar de  hoje ser, infelizmente, por muitos pouco respeitada, e até mesmo desprezada na medida em que permitem e ordenam a sua total destruição, continua a ser uma das mais belas e distintas artes nacionais e um documento da nossa memória colectiva. 

Exemplar estimado.  80€ + portes de envio.

Para encomendar, use, por favor, o endereço de email: livrosenarrativas@gmail.com , ou, o contacto telefónico: 91 667 34 09. Obrigado!

Escultura Portuguesa (Ctt)

 

Escultura Portuguesa

Sérgio Guimarães de Andrade

Edição do Clube do Coleccionador dos Correios. 1997. In-4.º, de 271 (1) páginas. Profusamente ilustrado. Dim: 24,5cm x 24,4cm. Encadernação cartonada editorial, com a lombada em tela.

Edição bilingue (Português - Inglês), profusamente ilustrada a cores, onde se encontram reproduzidas e mais importantes obras da história da escultura nacional. Preserva todos os selos intactos.


Exemplar como novo.  Magnífica edição.  30€

Para encomendar, use, por favor, o endereço de email: livrosenarrativas@gmail.com , ou, o contacto telefónico: 91 667 34 09. Obrigado!

Fastos Portuguezes (1918)

 


Fastos Portuguezes
´
- Poema em Seis Livros -

Júlio de Castilho

Livraria Ferreira. Lisboa, 1918. 1ª Edição. In-8.º gr., de 189 (3) páginas. Ilustrado, em extratexto, com um retrato do Poeta Filinto Elísio. Dim: 23,2 cm x 15,8cm. Encadernado (preserva as capas de brochura).

Os Fastos é uma inconclusa obra  do grande Poeta  romano Ovídio, onde nos é apresentado em verso o calendário romano, "datas célebres, quadros historicos, movimentos astronómicos, festas religiosas, solemnidades cortesans, costumairas plebeias, anedoctas minúsculas (...)

O nosso poeta Filinto Elysio pensou num plano a este semelhante, mas, adaptando-o à vida nacional. Júlio de Castilho seguiu-lhe as pegadas e escrevia assim no prólogo à sua tradução dos Fastos de Ovídio (1862):

" Por que não ha-de alguem emprehender, e levar a cabo, o que Filinto Elysio tentou, ainda que (fôrça é dizel-o) sem grande felicidade: um poema dos Fastos christãos e nacionaes? A História portugueza, tão heróica, o Flos Sanctorum e as lendas, as festas populares, as origens da terra, as tradições locaes, as festas campestres, os vários trabalhos da vida agrícola, as demolições e as criações do nosso tempo, mil novidades scientificas, industriaes, commerciaes, artisticas, politicas, etc. ?".

Exemplar valorizado pela dedicatória manuscrita, datada de Abril de 1918, e assinada por Júlio de Castilho.

Encadernação meia inglesa com a lombada e cantos em pele, preserva as capas de brochura, e leva consigo a etiqueta do mestre encadernador Frederico d´Almeida. O exemplar apresenta algumas manchas no pé de algumas páginas, manchas essas que não atingem o texto e não conflituam com a integridade do volume. O miolo encontra.se limpo.

Exemplar estimado.   (Reservado)

Para encomendar, use, por favor, o endereço de email: livrosenarrativas@gmail.com , ou, o contacto telefónico: 91 667 34 09. Obrigado!

Alcântara + A Ponte de Alcântara e Suas Circunvizinhanças

 

Alcântara + A Ponte de Alcântara e Suas Circunvizinhas

Alcântara

- Apontamentos para uma Monografia -

João Paulo Freire (Mário)

Imprensa da Universidade. Coimbra, 1929. 1ª Edição. In-4.º, de XIII + 269 (VII) páginas. Ilustrado em folhas extratexto de papel "Couché". 


Junto com,

A Ponte de Alcântara e Suas Circunvizinhanças

- Notícia Histórica -

A. Vieira da Silva

Separata do nº 18 de Olisipo. Imprensa Libanio da Silva. Lisboa, 1942. In-4.º, de 37 (1) páginas. Ilustrado com fotogravuras ao longo do texto.

Sólida e muito bonita encadernação, executada pelo Mestre encadernador Frederico d´Almeida,em meia francesa com a lombada e cantos em pele ("Marroquin") e com trabalhos artísticos e dizeres a dourada na lombada.

Vão os dois exemplares encadernados num só volume, preservando, ambos, as suas capas de brochura. Algumas páginas do exemplar da obra "Alcântara - Apontamentos para uma Monografia" apresentam uma mancha no pé da página sem que atinja esta o texto ou as imagens e que não interfere com a integridade do volume. O miolo, de resto, de ambos os exemplares, está muito limpo. Dim: 22,7cm x 17,2cm.

Bom exemplar.   120€

Para encomendar, use, por favor, o endereço de email: livrosenarrativas@gmail.com , ou, o contacto telefónico: 91 667 34 09. Obrigado!

Cancioneirinho de Fozcoa + Canções Portuguesas

 

Cancioneirinho de Fozcoa + Canções Portuguesas

Cancioneirinho de Fozcoa

- Contribuição para a história e crítica da música do Povo Português -

Edmundo Arménio Correia Lopes

Subsdídios para a história da arte portugesa (XX). Imprensa da Universidade. Coimbra, 1926. In-4.º, de XVII (3) + 238 (2) páginas. Ilustrado com pautas musicais. 

Canções Portuguesas (do século XVIII à actualidade) 

Pedro Fernandes Tomás

Subsídios para a história da arte portuguesa (XXX). Imprensa da Universidade. Coimbra, 1934. In-4.º, de 169 (5) páginas. Ilustrado com pautas musicais.

Este exemplar (Canções Portuguesas) pertence à tiragem especial de apenas 120 exemplares em papel de linho, numerados e assinados pelo professor Joaquim de Carvalho, sendo este o exemplar nº 21.

Magnífica encadernação meia francesa com a lombada e cantos em pele ("Marroquin") executada pelo Mestre encadernador Frederico d´Almeida (preservam, ambos os exemplares, as capas de brochura).

Vão os dois exemplares encadernado no mesmo volume. Alguma páginas apresentam, no pé da página algumas manchas sem que belisquem estas a integridade do conjunto. O miolo encontra-se limpo. O volume está carminado à cabeça. Dim: 23,2cm x 17,7cm.

Bom exemplar.  150€

Para encomendar, use, por favor, o endereço de email: livrosenarrativas@gmail.com , ou, o contacto telefónico: 91 667 34 09. Obrigado!